Seguidores

quinta-feira, 24 de maio de 2018

& Vamos brincar com a Chica nº 18 &


 Hoje é mais um dia  de brincar com a Chica,
a palavra da vez é :
V
V
http://sementesdiarias.blogspot.com.br/

1- Quem  empresta seu nome arruma baitas encrencas


2-    Quem direito anda  estará livre de encrencas

3-    Gente, Whats está causando encrencas ao casais

4-Me safei de encrencas com ajuda divina




segunda-feira, 21 de maio de 2018

36º POETIZANDO E ENCANTANDO


Minha participação na B C da Profª Lourdes Duarte, embora atrasadinha, mas cheguei!


 Clamor

Oh Deus! Suplico-vos humildemente
um fim para a minha dorida saudade
preciso encontrar urgentemente
o amor que consome minha jovialidade

Vivo em pleno estado de contemplação
causa-me inveja o dormitar da cidade
aqui dentro, noites insone e veneração
a ti meu amor, é sufocante a saudade

que traz para meus dias infinda solidão.
Não fosse o brilho das luzes a iluminar
meu olhar, não suportaria a escuridão
das noites, que entristecem o  esperar

Vivo momentos infinitamente doridos
mas, d'um esperar confiante.

Diná Fernandes


http://filosofandonavidaproflourdes.blogspot.com.br/



sexta-feira, 18 de maio de 2018

& Vamos brincar com a Chica num 17? &

E cá estou novamente a participar da brincadeira;

Chica eu lhe agradeço
a fervura dos neurônios
pois eles assim ocupados
não há espaço para o Alemão.
Sugiro que que permaneçam sempre ocupados(as)

https://sementesdiarias.blogspot.com.br/

1-Um lugar aprazível pede  Rede pra descansar


2- Solidão não, forme sua Rede de amigos

3- Diversidade de comunicação em Rede, avanço Tecnológico

4- Redes Sociais interligando pessoas com o mundo

5- Meu timão mandou a bola pra Rede

& Botando a cabeça pra funcionar nº12 &

Chegando tardiamente
Espero ser aceita.
Mesmo do atraso, ciente
Sei que a Chica espreita.

A imagem dada:


http://chicabrincadepoesia.blogspot.com.br


Uma imagem típica de arredores marítimos
desperta o desejo de desbravar  o terreno arenoso,
onde não cabe chinelos nos pés,
mas cabe um bom  sobreiro,
uma roupa de banho,
e soltar a criança interior
a correr e rolar pelas areias,
apreciar a dança das folhas do coqueiral,
Lá adiante, há um mar azul a contemplar e nele  me banhar.
Embevece-me a  imensidão do mar!

Diná Fernandes



domingo, 13 de maio de 2018

& Vamos brincar com a Chica numº 16? &




http://sementesdiarias.blogspot.com.br

No espaço chamado mundo, na sala de aula escola da vida, entre descidas e subidas,é que aprendo a driblar, me safar e tolerar. Muito já reclamei, mas reclamações jamais apascentaram minhas dificuldades. Cada lição é pedra bruta a ser lapidada.
Quando, fervorosamente implorei ao meu Deus, paciência para suportar as adversidades, entendi que buscar PERFEIÇÃO, era perda de tempo.
 As disciplinas são complexas e necessárias, é preciso por em prática todas elas.
Na oração encontro a Paz, nos amigos, a fraternidade, nas boas Ações, a humildade, nos favores a Gratidão, na mão estendida, a Bondade, no conflito o recuo, no convívio a Tolerância e o bom tratamento, a Perfeição somente se encontra nas mãos DIVINA.
 Diná Fernandes

1- Criação divina dos  movimentos mais que PERFEITOS!

Falar de algo Perfeito
é pensar em Deus
sou humana e imperfeita,
não me cabe 
falar sobre perfeição.

2- Homem fosse perfeito, iria competir com Deus?

3- Vida sem história teríamos, se fossemos PERFEITOS!

4- Meus amigos me oferecem muitos momentos PERFEITOS
(Grêmio Literário Porto Alegre), Com Joyce Lima e Silvia Benedetti




segunda-feira, 7 de maio de 2018

Botando a cabeça pra funcionar nº 11


http://chicabrincadepoesia.blogspot.com.br/2018/03/botando-cabeca-pra-funcionar-n-11.html

Eis a minha inspiração
que obra de arte não é
são versos aleátorios
oriundos  do coração
Que mão é essa
que transforma o céu azul,
que desenha sem esboço,
que borda de dourado
sem tinta nem pincél
e oferta ao meu olhar
uma linda tela celeste,
que  enriquece meu dia,
que me deixa embevecida
ante a beleza de tamanha arte?

A mão divina é perfeita
O olhar divino é desenhista
As obras são grandiosas
E Deus o grande artista!
Resta-me agradecer o prazer de contemplar!

Diná Fernandes